MEU PAI

Meu pai tem um problema sério na perna. Usa uma prótese e faz três anos que está em um tratamento cruel. Retirando a prótese, usando cimento ósseo, com ferimento aberto esperando cicatrizar “in natura”. Pior que isso, mesmo com todos os cuidados de higiene, de tempos em tempos aquele ferimento infecciona.

Em uma de suas muitas internações no Hospital da Santa Casa de Rio Grande ele perguntou ao seu médico, o Doutor Germano Kruel
(Cirurgião Geral, Ortopedista de CRM: RS4451 – Ativo), o que era a secreção.

A resposta que obteve foi: “É o que secreta”.

Meu pai, não satisfeito, querendo mais informação do que apenas esta obviedade, retruca: “eu sei, mas o que é que secreta?”

A respostinha dada por este “médico”, chega a ser de um mau gosto, de uma indignidade e não condiz com o que se espera de alguém que está ali para zelar pelo bem estar do paciente: “eu não vou descer ao teu nível para explicar isso”.

Nesta hora me surpreendi com a desenvoltura do meu pai: “mas doutor, um dia o senhor também teve o meu nível”.

Mas aí veio o petardo final: “eu nunca tive o teu nível, eu já nasci sabendo”.

Então me pergunto será que é este tipo de profissional que temos nos nossos hospitais. E se for assim, como estarão nossos tribunais, nossos escritórios de engenharia e arquitetura, nossas agências de publicidade e nossas universidades. Isto é uma minoria ou será que é a maioria?

About these ads

42 comentários sobre “MEU PAI

  1. Medicina eh um dos cursos mais disputados nos vestibulares. Esses futuros medicos querem MESMO ajudar as pessoas?
    Vivemos em um pais onde ser doutor eh ser alguem melhor, alguem respeitavel e com a conta gorda.
    Um lixeiro tem um papel muito mais importante na saude publica que qualquer medico.
    Medicos de hoje = acougueiros

  2. Bah. Acho que eu daria um murro na cara desse infeliz. E ainda processaria ele, a Santa Casa, o município, o Estado e quem mais fosse possível. Revoltante.

  3. Gilmar! Estamos passando por este mesmo problema com o meu pai, tudo igual ao que relatou …meu pai também esta baixado no Hospital de Rio Grande teve a prótese retirada e colocação de cimento e também quem fez todos os procedimento foi o Dr. Germano Kruel…
    Saber sobre a situação e maiores explicações sobre o quadro de meu pai é um horror…respostas vagas ou nada a declarar…sem falar na prepotência deste cidadão que se diz médico.
    Gilmar!!! como esta hoje a situação de seu pai?? conseguiram ter uma melhora?? o que vocês fizeram em relação a esta negligencia médica??
    Pois estamos tentando fazer denuncia no CREMERS e nem lá obtivemos grande ajuda.
    Se puderes nos auxiliar nesta luta que neste momento é igual a de sua família ficaria imensamente grata.
    Meus contatos: simone@dseletro.com.br / dseletro@dseletro.com.br
    No aguardo!
    Simone

    • Pessoal,existem pessoas e pessoas no mundo,mais a maioria agem de má fé,são hipócritas e pobere de espirito.Minha mãe passa pelo mesmo problema a 2 anos.Uma cirurgia mal feita ,com retorno de seis em seis meses e nada muda,só piora.Hoje já cicratizado mais sem nenhum resultado.Essa semana sairam de Caçapava do Sul para uma reconsulta em Rio Grande com o dito cujo,e lá ouviram apenas isso”ta bom,não morreu ainda”! e nada mais.Infelismante não estava lá para para dar uma resposta a sua “altua” pois pessoas mal amadas e que com certeza não viveu mais sobreviveu em um lar onde não exitiu estrutura familiar adequada para um bom “desenvolvimento do ser humano”,seus pais não tiveram a capacidade de educá-lo,amá-lo,nem nunca tiveram o orgulho de tê-lo como filho e vê-lo como um ” médico”,humilde e digno de ser amado.Ou quem sabe viveu na miseria e mendigou uma bolsa de estudo para ai então simplesmente se vingar do “mundo em que vive” ,quem sabe também sua esposa,se é que tem,e seus filhos vivem na mesma situação,FAMILIA DESESTRUTURADA.Tenho pena desse individuo,deve ser um merda e sua vida tambem.Não o conheço nem quero conhecer.Mais vou denunciar.Infelismante o Rs ainda tem muito o que mudar e a população tem que buscar conhecer seus direito em relação a saúde,existem recursos que o governo repassa por verbas para a saúde,só que estes são desviados logo na prefeitura,são desviados como salarios de funcionarios fantasmas e estes são lançados como custo mensal de cargos comissionados ou até msm bens.Esse “médico” recebe por consultas e cururgias mal sucedidas,e com certeza deve receber algo mais.Bom é ter uma prova em mãos e levar as editoras de Tv e radios e jornal.Moro em Brusque-SC já tem 7 anos.Aqui o povo reclama até de barriga cheia,mais como tem melhorias a serem feitas tem mais é que reclamar msm.Pessoal a união faz a força,provas fazem a diferença.Uma cirurgia tem o prazo de um ano pra recorrer judicialmente,o procon auxilia,ou até msm um advogado.Bom é levar o caso para a RBS.Vou ver o que posso fazer daqui.Mais algo vou fazer,pode ter certeza.Individuos como esse não devem permanecer em pune.

  4. inacreditável que esse carniceiro ainda tenha o CRM.

  5. vagner freitas nogueira

    PARA Q TODOS FIQUEM SABENDO , SOU OU ERA PACIENTE DESTE HOMEM, ELE É UMA PESSOA MAL EDUCADA, GROSSO,
    Q INFELIZMENTE AINDA OPERA SERES HUMANOS. PARA RESUMIR FIZ COM ELE UMA CIRURGIA DE FEMUR, MINHA PERNA ESTÁ CURTA TENHO MUITAS DORES E EM UMA CONSULTA COM ELE , PERCEBI Q MEU OSSO ESTAVA ACAVALANDO E FALE PARA ELE E A RESPOSTINHA DO SENHOR DE ALTO NIVEL
    “NÃO SOU MÉDICO DE RAIO-X E SIM DE GENTE”COMO SE ELE FOSSE CAPAZ DE VER ATRAVÉS DE MINHA CARNE, FORA GERMANO KRUEL!

    • Meu Padrasto fez cirurgia de femur com o dr. Germano Kruel e teve o mesmo problema a perna dele ficou bem curta sente varias dores e os parafusos soltaram e os arames que ele amarrou tambem desamarraram temos o raio x e entremos em açao judicial contra este dr. kruel. ele tratou muito mal minha mae preguntou em que faculdade ela se formou faltando com respeito e etica profissional quando ela pediu informaçoes sobre a cirurgia os dr. aqui de GOIAS tiveram que fazer outra cirurgia nele. temos uma audiencia no conselho de medicina cremego agora em setembro. eno conselho federal. precisamos de testemunhas e relatos.

      • mario cesar

        sou o mario que passou na mesma epoca por essas situações com o mesmo médico,

  6. AGORA VOCES ME APAVORARAM, MEU ESPOSA TEM UMA CIRURGIA MARCADA COM ELE DIA 9 DE ABRIL.
    DE LIGAMENTO CRUZADO, MAS AGORA NEM SEI MAIS O QUE FAZER…..

    • Se puderes trocar de médico será ótimo…não aconselho a ninguém ser tradado por está pessoa.

      • mario cesar

        OLA,ME CHAMO MARIA DO CARMO MIRANDA DA SILVA,70 ANOS,MORADORA DE CARIACICA ES.MÃE DE MARIO CESAR DA SILVA,PACIENTE QUE FOI ENVIADO PARA TRATAMENTO FORA DE DOMICILIO PELO Dr JOAO CARLOS MEDEIROS,ORTOPEDISTA QUE DAVA ASSISTENCIA AO MEU FILHO ANTES DE SER SOLICITADO O TRATAMENTO FORA DE DOMICILIO,POR FALTA DE BANCO DE OSSOS NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO.
        VENHO ATRAVÉS DESSA CARTA RELATAR FATOS VIVIDOS POR MIM E PELO MEU FILHO,NA CIDADE DO RIO GRANDE,RS.QUE FOI PRA NÓS MUITO DOLOROSO.
        FAMOS ENCAMINHADOS PARA TRATAMENTO FORA DE DOMICILIO,PQ AQUI NO ES NAO POSSUI ESTRUTURA PARA ATENDER AS NECESSIDADES DO MEU FILHO.ENTÃO APARTIR DAÍ CRIAMOS ALGUMAS ESPECTATIVAS ,PRINCIPALMENTE DE MELHORAS PARA O MEU FILHO,MAIS DESDO PRIMEIRO MOMENTO QUE CHEGAMOS AO DETERMINADO LOCAL(SANTA CASA DE MISERICORDIA DO RIO GRANDE NO RIO GRANDE DO SUL),QUE FOI POR VOLTA DAS 14 HRS JA COMEÇOU NOSSO DESESPERO,QUE ESTAVAMOS COM FOME,CANÇADOS,FALARAM QUE TERIAMOS QUE AGUARDAR A INTERNAÇAO,E ESSA PESSOA POR NOME PAULO AFONSO ADIANTOU A INTERNAÇAO FASENDO PRESCRIÇAO QUE SERIA DE PAPEL DO MEDICO,E NANDANDO A GENTE AGUARDAR NA RECEPÇAO QUE A INTERNAÇAO SERIA PROVIDENCIADA.,ENTAO AGUARDAMOS ALI NAQUELA RECEPÇAO ATÉ QUASE AS 19 HRS,PARA SUBIR PARA ENFERMARIA.
        CHEGANDO NA ENFERMARIA NO PRIMEIRO DIA DE INTERNAÇAO SÓ TINHA ESPAÇO PARA O PACIENTE,ENTAO DURMIMOS POR UNS DIAS EU E MEU FILHO NA MESMA CAMA,E POR TESTEMUNHAS VIVENCIANDO AS MESMAS SITUAÇOES SEU RAUMIRO TB PACIENTE DE OUTRO ESTADO E SUA ESPOSA DONA GERCILIA TB DORMIAM NA MESMA CAMA.SÓ NOS ALIMENTAMOS PQ EU SAI FORA DO HOSPITAL,DEPOIS DE TER QUE SUBIR 3 ANDARES SUBINDO ESCADAS,PQ OS ELEVADORES ALEM DE SER DE PESSIMO ESTADO,SÓ ERA LIBERADO PARA PACIENTES E FUNCIONARIOS,
        NO DIA SEGUINTE JA VEIO MAIS UMA QUESTAO,O MESMO FUNCIONARIO PAULO AFONSO VEIO EM NOSSO QUARTO,SE APRESENTOU COM MAIS CALMA,E UMA DUVIDA SURGIU EM NOSSAS MENTES,ELE DISSE QUE O CASO DO MEU FILHO ERA NOVO PRA ELES,MAIS ELES IRIAM ATENDE-LO ASSIM MESMO.
        MEU FILHO ATÉ PENSOU EM DESISTIR DO TRATAMENTO,MAIS A VONTADE DE SE TRATAR ERA MAIS FORTE PRA ELE,ENTAO ENCAROU TUDO NUMA BOA,SE TORNOU AMIGO DE OUTRAS PESSOAS EM OUTRAS ENFERMARIAS,ASSIM OS DIAS IAM SE PASSANDO,
        CHEGOU O DIA DA CIRURGIA DO MARIO CESAR,ELE FOI ENCAMINHADO AO CENTRO CIRURGICO,NO DIA 26 JANEIRO 2009 REALIZOU A CIRURGIA SENDO RESPONSAVEIS PELO PROCEDIMENTO,DR Clodoaldo Efrain Ortega Pinilla E DR Germano Kruel,QUE SUPOSTAMENTE ESTAVA TUDO OK,MAIS ENGANEI ME,MARIO VOLTA DO CENTRO CIRURGICO COM DORES INTENSAS,A PONTO DELES COMEÇAR A FAZER O USO DE MORFINA,QUE FOI OUTRA FASE RUIM Q PASSEI ALI,PQ PARA ESCONDER OS FATOS ELES COMEÇARAM A DOPAR MEU FILHO COM ESSA DROGA.
        UM DIA EU CHAMEI O ENFERMEIRO CHEFE POR NOME LINO,E DISSE A ELE QUE EU QUERIA UM RX DO MEU FILHO PQ TINHA ALGO ESTRANHO,ENTAO ASSIM FISERAM,NA MESMA HORA VIRAM QUE A CIRURGIA ESTAVA COM ALGUM PROBLEMA,ENTAO ENCAMINHARAM MEU FILHO NOVAMENTE PARA O CENTRO CIRURGICO PARA REFASER A CIRURGIA,ENTAO COM DOR E TUDO,TENTARAM REPOSICIONAR A PROTESE DO MEU FILHO SEM UM ANESTESICO,ELE ME DISSE QUE CHORAVA E O MEDICO DR CLODOALDO DIZIA VC NAO É HOMEM COMO SE AQUILO ALI FOSSE UMA BRINCADEIRA.POR FIM ATARAM MINHA PERNA COM UMA BOTA DE GESSO,TRAVADA COM UMA MADEIRA PARA IMOBILIZAR MINHA PERNA,E PEDIRAM PARA FICAR COM ESSA BOTA 45 DIAS.NESSE PERIODO FISERAM A TRANSFERENCIA DE QUARTO,E NOS COLOCARAM COM UMA PESSOA COM INFECÇAO.QUE ERA PARA ESTA EM UM SERVIÇO ISOLADO,E ASSIM CONTINUARAM DOPANDO MEU FILHO COM MORFINA,SÓ ERA CONTA DELE SENTIR DOR E JA VINHA ESSA DROGA QUE ESTAVA MATANDO MEU FILHO AOS POUCOS,
        ENTAO NUM DETERMINADO DIA PELA MANHA,OS MEDICOS RESPONSAVEIS ESTAVAM PASSANDO VISITA NOS QUARTOS E NAO PAROU NO MEU QUARTO ONDE ESTAVAMOS EM 6 PESSOAS,ENTAO O MEU FILHO VIU O MEDICO DR GERMANO,AI ELE ME PEDIU QUE EU O CHAMASSE,ENTAO ASSIM EU FIZ,AI DA PORTA ELE DISSE ARROGANTEMENTE ,PARA FALAR COMIGO TEM QUE LAVAR A BOCA E ESCOVAR OS DENTES,MEU FILHO ABRIU A BOCA A CHARAR E COMEÇOU A ME PEDIR PARA TIRAR ELE DAQUELE LOCAL,PQ ESTAVA COM MEDO DE MORRER ALI.E EU SEMPRE DANDO FORÇA PARA ELE NAO DESANIMAR.
        NISSO JA TINHA SE PASSADO MAIS DE 15 DIAS E MEU FILHO SEM TOMAR BANHO,SÓ SENDO MOLHADO COM TOALHAS TENDO QUE AGUENTAR UM CALOR HORRIVEL,SEM UM VENTILADOR NA ENFERMARIA TENDO QUE NÓS ACOMPANHANTES,COMPRAR PRODUTOS DE LIMPEZA ETC….E PRA COMPLETAR ME DEU UMA FEBRE COM CISTITE,COLHERAM UM EXAME DE URINA E EU ESTAVA COM INFECÇAO URINARIA.PROVINIENTE COM CERTESA DE TER QUE LAVAR MINHAS PEÇAS INTIMAS E ROUPAS NO BANHEIRO E TER Q SECAR EM SUPORTE DE SORO,TB PQ A HIGIENE DO QUARTO ERA OS ACOMPANHANTES QUE FAZIAM..MEU FILHO JA BEM ABATIDO,COMEÇOU A VOMITAR MUITO,DE TANTO MEDICAMENTO QUE DERAM A ELE,CHAMAVA A ENFERMAGEM,E NADA ERA RESOLVIDO,A PONTO DE EU TER Q IR NO PRONTO SOCORRO E IMPLORAR A MEDICA UMA SOLUÇAO,PQ EU ESTAVA VENDO MEU FILHO PARTIR AOS POUCOS,
        MEU FILHO POR PRECISAR DE HEMODIALISE TEVE QUE FICAR EM UMA CAMA COM RODAS PARA REMOÇAO FACILITADA,MAIS A ENFERMARIA QUE ESTAVAMOS NAO ENTRAVA ESSA CAMA,ENTAO FICAMOS EM OUTRA ENFERMARIA COM MAIS 3 PACIENTES,E EU TIVE QUE DORMIR NO CHAO EM CIMA DE UMA TOALHA DE BANHO COM MEUS PES DENTRO DE UM ARMARIO E A CABEÇA NA MOCHILA DO MEU FILHO,ATE QUE UMA ACOMPANHANTE ME SEDEU O ESPAÇO DELA PARA EU DESCANÇAR UM POUCO MELHOR.
        EM QUESTÃO A HEMIODIALISE,POR TER CIENCIA DAS CONDIÇOES QUE ELE SE TRATA AQUI NO MEU ESTADO,EU VI QUE AS CONDIÇÕES DO TRATAMENTO DIALITICO ERAM PRECARIAS,FUNCIONARIOS TRABALHANDO DE BERMUDAS E CHINELOS,A ALIMENTAÇÃO DURANTE A DIALISE ERA OVOS CUZIDO COM LEITE,OU PÃO .ACHEI ESSA SITUÇÃO MUITO DEPRIMENTE TB.
        UM PLENO DIA,MEU FILHO JA ESTAVA CHEIRANDO MAL,EU PEDI A ENFERMEIRA PARA ME AJUDAR DAR UM BANHO NO MEU FILHO,POR SER DIA DE CARNAVAL ESTAVA ESCARSO DE FUNCIONARIOS E A ENFERMEIRA NAO PODE ME AJUDAR,ENTAO COM A AJUDA DA ACOMPANHANTE GERCILIA RESOLVI DAR UM BANHO NO MEU FILHO,QUE FOI UMA TRAGEDIA,ENQUANTO EU DAVA BANHO NO MEU FILHO,A AGUA QUE ERA PARA ESCOAR NO ESGOTO FOI TODA PARA 2 ENFERMARIAS,SOLICITEI A FUNCIONARIA DA LIMPESA A PROPRIA ME DISSE QUE A LIMPEZA DOS QUARTOS ERA FEITA 1 VES AO DIA E QUE JA TINHA CIDO FEITO NAQUELE DIA,ENTAO DEPOIS DE AGEITAR MEU FILHO EU FUI TIRAR AGUA DAS ENFERMARIAS,NEM UMA LUVA ME DERAM,TIVE Q SECAR AS ENFERMARIAS COM LENÇOL,SEM PROTEÇAO NENHUMA.
        CHEGOU O DIA DA ALTA HOSPITALAR,SEM TER UM TRANSPORTE ADQUADO,A REMOÇAO FOI FEITA NO CARRO DA FUNERARIA,AS PRESSAS PQ EU JA ESTAVA A PONTO DE PERDER MEU VOO COM MEU FILHO DE TANTA ENROLAÇAO NA ALTA DO MEU FILHO,SENDO QUE FAMOS INFORMADOS QUE SERIA NECESSARIO MEU FILHO SER TRANSPORTADO EM UMA MACA ATE MINHA RESIDENCIA,E NADA DISSO FOI CUMPRIDO.
        O GOVERNO DO ES LIBEROU UMA VERBA QUE PRATICAMENTE NAO FOI UTILIZADA,PQ SÓ PODERIA SER UTIIZADA EM ALIMENTAÇAO E HOSPEDAGEM,ENTAO O POUCO QUE USEI DESSA VERBA FOI PRA ESSES FINS.

        ENTAO HJ EU TENHO CONTATO COM AS TESTEMUNHAS Q ESTAO PASSANDO PELA SITUAÇOES SEMELHANTES,
        MEU FILHO ENTROU ANDANDO NESSE HOSPITAL E HJ PERMANECE EM UMA CADEIRA DE RODAS,PQ O PROPRIO ORTOPEDISTA DELE AQUI NO ESTADO,NAO PERMITIU ELE NEM DE MULETAS ANDAR,PQ A SITUAÇAO COMPLICARA.
        HOJE ELE ESTA SENDO MUITO BEM TRATADO NO INTO,RJ.FOI RETIRADA IMEDIATAMENTE A PROTESE COLOCADA NESSA CIDADE,E HJ ELE CONTINUA EM TRATAMENTO,MAS SEM POSSIBILIDADES EMEDIATAS DE VOLTAR A DEAMBULAR.

    • Michelle, tudo bem? Teu esposo fez a cirurgia? Como foi?

    • MARIO CESAR

      OLA MICHELLE,BOA TARDE,SEU ESPOSO SE SUBMETEU A CIRURGIA?ESPERO QUE SIM E QUE ESTEJA TUDO BEM.DEUS ABENÇOE VCS.

  7. mario cesar

    qual o contato de vcs?

    • Olá, acabei de te passar um e-mail. Fiquei impressionado com teu relato. É mesmo de assustar todas estas respostas que tenho obtido após colocar esta situação no meu blog. Um abraço.

      • MARIO CESAR

        FOI ABERTO UMA SINDICANCIA E NÃO CONSEGUIRAM CONTATO COM ESSE CIDADÃO

  8. ordeli da silva dias

    Pessoal, meu nome é Ordeli e moro na cidade de Camaquã-RS. Minha mãe colocou uma prótese com este doutor na Santa Casa de Rio Grande em 2008. Aconteceram fatos semelhantes aos relatados. O Dr. Germano destratou meu pai, minha irmã e minha mãe sempre em um tom de deboche. Depois de mais de um ano de ferida aberta e muita infecção ele resolveu retirar a prótese e colocar um espassador para futuramente colocar outra prótese. Durante este período aconteceram varias coisas que quem poderia relatar melhor seria minha irmã que cuidou dela no hospital. Mas vou direto ao assunto. Devido ao grande tempo em que ficou acamada, surgiu um processo de trombose, que em consequência disso teve infartos e precisou amputar a perna operada. FALECEU DIA 22 DE AGOSTO DE 2010 aos 67 anos de idade. Meu pai tentou entrar com um processo contra este sujeito, porém precisa de pelo menos 3 laudos médicos que indiquem que houve erro médico para que se de inicio a ação(Qual o médico que vai fazer isso?). Fiquei sabendo que o Dr Germano foi demitido da Santa Casa a poucos dias. Infelizmente, a direção deste hospital demorou a tomar esta atitude, poderia ter poupado a vida da minha mãe e a saúde de vários cidadãos.

    • mario cesar

      OI,PASSEI POR SITUAÇÕ4ES HORRIVEIS E PRECISANDO DE MEU AUXILIO COMO TESTEMUNHA ESTOU AO DISPOR,…

    • ME DISPONHO A SER TESTEMUNHA COM MUITO PRAZER.

    • BRAULIO GARCIA

      ELA ESTAVA TOMANDO HEPARINA. PARA NAO COAGULAR SANGUE ? EU TIVE UMA EMBOLIA PULMONAR DEVIDO A QUEIMADURAS FIQUEI MUITO TEMPO ACAMADO E NAO ME DAVAM HEPARINA E TIVE UMA TROMBOSE QUASE MORI MEU E-MAIL E BRAULIOGGARCIA@IBEST.COM.BR ENTRE EM CONTATO OU MSN BRAULIO_BFE@HOTMAIL.COM MAIS FUI VITIMAS DE OUTRO MEDICOS E ESSE DOUTOR GERMANO KRUEL VAI SER TESTEMUNHA DELES MAIS COMO UM MEDICO DESSES PODE SER TESTEMUNHA DA SANTA CASA E DOS OUTROS MEDICOS NAO DA ENTENDER

  9. Olhando os relatos de vcs e tendo uma noção do que é quantidade em saude e não qualidade -este hospital recebe a maior verba do interior do RS para prestar atendimento de quantidade e nao qualidade… fico pensando que o maior prejudicado e a populaçao porque teoricamente este hospital com poucos enfermeiros, sujo e com camas velhas se diz capaz de resolver os problemas dos pacientes!!! Mas ao processarem este profissional e instituiçao certifiquem-se que o medico responsavel pela pericia não tenha vinculo $$$$ empregaticio com a Santa Casa!!!!! Vcs estarao ajudando medicos serios que nao comapctuam com o bastantao e ajudando outros pacientes!!!!!

  10. EU GERCILIA E MEU ESPOSO RAUMIRO QUE TB FAMOS VITIMAS TB NOS DISPONIBILIZAMOS A AJUDALOS COMO TESTEMUNHAS E DESDE JA MEUS SENTIMENTOS PELOS FATOS

  11. ordeli da silva dias

    Infelizmente tenho que informar que o Dr. Germano não foi demitido e continua trabalhando na Santa Casa de Rio Grande. Fiquei sabendo porque falei uma ex-funcionária da Santa Casa e segundo ela este sujeito continua moranda por lá. Também falei com uma pessoa que colocou protése no joelho e sofreu o mesmo que minha falecida mãe ; inclusive fiquei sabendo por ela que as enfermeiras colocam apelidos nos pacientes como “chorona”, “berrona”, etc… o dela era “Dolantina”, pois uma atendente deixou escapar em uma conversa. Pessoal, temos que informar a imprensa ou o Ministério Publico, isso não pode continuar, pois é um desrespeito a dignidade do ser humano.

    • MARIO CESAR

      sou mario pciente que passa por situa~ções semelhantes,estou a a disposição
      podem deixar contatos que retorno

  12. Conforme havia relatado anteriormente, tinha conversado com uma ex-paciente do Dr. Germano as barbaridades que ocorriam no Hospital Santa Casa de Rio Grande. Abaixo transcrevo na integra (inclusive com alguns erros de português) o que a Sra. Maria Celoi Meireles Camargo sofreu na instituição e pelo referido médico em uma carta em que a mesma me remeteu escrita de próprio punho:
    “A minha primeira consulta foi em Rio Grande na Santa Casa de Misericórdia, inicio do mês de fevereiro de 2009. Na consulta o médico decidiu minha internação no ato da consulta, eu não estava preparada, não tinha levado nada para ficar internada. Dois dias depois foi realizado a cirurgia no joelho esquerdo ao passar 3 dias da cirurgia realizada eu reclamei que não sentia o meu pé, e ele me respondeu que era normal. Mas eu já tinha perguntado a outras pessoas que também fizeram a mesma cirurgia e não sentiam a mesma coisa que eu, eles caminhavam e eu não conseguia. Na 1º internação em Rio Grande eu fiquei 6 dias e já contrai a BACTÉRIA “hospitalar”, na hora eu não sabia, dói depois eu fiz um exame que marcou que eu estava com a BACTÉRIA hospitalar, e um raio x que marcou uma fratura na tíbia. Voltei lá para um novo tratamento, então o Doutor Germano Cruel, realizou a segunda cirurgia de protex total do joelho esquerdo, houve uma segunda fratura na tíbia, não consegui combater a bactéria hospitalar com vários tratamentos. Nesta segunda cirurgia o Doutor Germano deixou o tendão do joelho rompido. Fui internada para fazer a terceira cirurgia do joelho esquerdo. Os enfermeiros me sugeriram que eu trocasse de médico, daí eu troquei pelo “Doutor Corbeline” que realizou a cirurgia com sucesso sem fraturas que acabou descobrindo que o tendão do joelho esquerdo estava rompido pela cirurgia anterior pelo médico Doutor Germano. Ai o médico Corbeline fez uma cirurgia do lado da minha perna para fazer um enxerto no tendão mas a infecção hospitalar não foi contida. O Doutor Germano ficou bravo ao saber da troca que fiz, dificultando muito minhas internações, sendo ele o diretor da traumato que me castigou muito. Meu joelho piorou e a infecção começou a abrir para fora, e sentia muita dor no local. O Doutor Germano tinha um secretário chamado João que fazia a internação das pessoas. E eu ia me internar para fazer tratamento no joelho porque tinha marcado leito, mas quando eu chegava lá esse secretário João negava a internação dizendo que não tinha vaga, infelizmente as decisões de internação não eram decididas por médicos mas sim pelo João. Até uma apelido eles me deram “a Débora da limpeza” me chamava de “DOLANTINA”, porque eu sentia muita dor no meu joelho. Cada paciente tinha sua personalidade nas pastas: se eram brabos, nervosos, violentos ou esquentadinhos, se o paciente sentia muitas dores para os médicos eles eram dengosos ou escandalosos.”

    • ACHO QUE ERA PAULO AFONSO ESSE SECRETÁRIO QUE FAZIA AS INTERNAÇÕES E AINDA POR CIMA ELE MESMO QUE PRESCREVIA A GUIA DE INTERNAÇÃO E OS MEDICAMENTOS DE IMEDIATO

  13. MAIS UM ACONTECIMENTO DO “DR”: 23/04/2012 18:29
    Mulher é vitima de ataque cardíaco no centro de Pedro Osório
    por Rodrigo Netto

    Neste domingo, dia 22, no centro de Pedro Osório aconteceu um fatalidade a jovem Simone Branca Antonovick, ela veio a sofrer um ataque cardíaco fulminante, o que a levou ao óbito imediatamente, ela estava no centro de Pedro Osório próximo a farmácia na Praça Antonio Satte Allam.

    Simone foi tratada antes no Pronto-socorro da Santa Casa de Pedro Osório, as 13h55min, onde chegou alegando dores na coluna e dores lombares (nas costas). Passou pela verificação de sinais vitais, pressão sanguínea e batimentos cardíacos e após triagem ficou na sala de espera para fazer a consulta com o médico.

    Ela foi atendida pelo Médico Germano Kruel, que lhe receitou e lhe deu um medicamento para as dores nas costas, alem de uma solicitação de raio-x que deveria ser realizado na segunda-feira. Ela foi liberada para retornar para casa, segundo dados do provedor da Santa Casa Gennaro Buonoccore.

    No retorno para a sua casa em frente a Praça Antonio Satte Alam, por volta de 17h15min, veio a sofrer um ataque cardíaco fulminante (Infarto) que causou o seu falecimento. A mesma foi levada novamente para a Santa Casa, já sem vida.

    Familiares revoltados, tentaram agredir o médico e os funcionários da Santa Casa, alem de desferirem chutes, contra a porta do pronto-socorro. A Brigada Militar foi chamada para conter os ânimos.

  14. FONTE DA NOTICIA ACIMA É PEDROOSORIO.NET

    • simone l Ceresoli

      Olá Pessoal!!!

      Exatamente a um ano atrás em janeiro de 2012 já estava postando neste blog pois estávamos passando por diversas dificuldades com meu pai que estava internado no hospital da santa casa de rio grande aos cuidados deste médico Germano Kruel. Mas o que queria informar a todos que passado um ano de tantas cirurgias feitas e diversas infecções meu pai ficou aleijado… se movimenta apenas com cadeira de rodas e mal consegue se locomover com auxílio de andador… e depois de diversas consultas com outros profissionais ficou claro que qualquer novo procedimento para reparação é de extremo risco de vida e de amputação da perna.
      Então quero informar que infelizmente a um ano atrás tínhamos uma grande esperança em ver meu pai podendo caminhar sem sentir dor mas hoje o que apenas nós sentimos que ainda tivemos a chance de ter ele ao nosso lado por que foram meses muito difíceis de luta constante contra a morte.
      Desejo a todos que estejam passando por problemas semelhantes muita força e que tenhamos ainda fé que a justiça ainda irá fazer a sua parte para tirar o direito deste médico de clinicar.

      • Bah Simone, que coisa triste. O meu pai também continua com cadeira de rodas, mas está bem. Com o tratamento na câmara hiperbárica ele não sente mais dores, consegue se virar sozinho. O problema é que cada vez que acaba o número de sessões ele tem que novamente solicitar mais, ou seja há pausas no tratamento e ele não pode recolocar a prótese enquanto a perna não estiver completamente boa. O que nos conforta é exatamente ele não estar mais sentindo dores.
        Abraço.

      • MARIO CESAR

        MUITO TRISTE SABER QUE PASSO POR SITUAÇOES SEMELHANTES

  15. MARIO CESAR

    infelizmente não posso dizer que estou bem,depois de algumas cirurgias para tentar reversão eu ainda continuo na cadeira de rodas

  16. Minha esposa também tem passado pela mesma situação dos demais. Ela fez cirurgia de prótese total de quadril em 2009 com o Dr. Germano Kruel, dali pra frente se tornou um pesadelo pois ficou com uma perna mais curta, dores horríveis, inchaço e sem rumo, pois quando tem as crises de dor não sabe onde ir. Quando vai na reconsulta ele diz que esta tudo bem e nem sequer olha os exames. Tentamos recorrer a outros hospitais sem obter resultado pois a resposta dos médico é que não podem mexer onde foi por outro médico. Precisamos fazer algo a respeito disso, senão seremos todos mutilados. a secretária de saúde de Barra do Ribeiro onde moramos só encaminha para Rio Grande.

    • Olá Alexandre. Com meu pai a mesma coisa, ninguém pega porque é “trabalho” de outro médico. Já foi no Clínicas e outros hospitais e nada. Entrou com recuso e está fazendo o tratamento com a câmara hiperbárica, o que ajuda na cicatrização. A disposição dele melhorou bastante. Claro que cada vez que acabam as sessões ele tem que entrar outra vez com recurso, até que a perna cicatrize de vez. Depois ele terá de abrir novamente para recolocar a prótese.
      Semana passada passei este meu texto do blog para o Hospital da santa Casa de Rio Grande e não obtive qualquer resposta.
      Abraço.

    • MARIO CESAR

      ALEXANDRE EU SOU O MARIO,VC PODE LER OS COMENTARIOS ACIMA,CASO VC QUEIRA MANTER CONTATO,SEI DE QUE FORMA VC DEVE RECORRER PARA RESOLVER ESSA QUESTÃO PRINCIPALMENTE COM O QUE SUA ESPOSA ESTA PASSANDO .
      MEU CONTATO É MARIOCESARDASILVA@GMAIL.COM
      AGUARDO RESPOSTA

      • Bom dia Mario Cesar, vou entrar em contato contigo. Ouvi rumores que este médico foi afastado e está de Rio Grande mas está clinicando em Tapes…abração.

  17. arthur gonçalves

    Este Médico está clinicando em Tavares RS.

    • MARIO CESAR

      olá arthur,boa noite.
      eu sou Mario e vc pode ler a minha história de vida passada no Sul,gostaria se vc puder me dar detalhes desse seu co0mentario.DESDE JA EU TE AGRADEÇO;

    • Olá Pessoal,

      Sou de TAPES, mas moro hoje em Porto Alegre e é verdade que esse médico está em Tapes sim, inclusive ontem minha mãe foi até o Hospital Nossa Senhora do Carmo para levar minha vó e foi super mal atendida, bem de acordo com os relatos que vi acima, como sendo grosso, prepotente e debochado… Inadmissível um médico tratar as pessoas dessa forma… Qualquer estou à disposição!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s